Matérias
Esporte

Seleção brasileira de Judô Paralímpico Brilha no Grand Prix de Baku com sete medalhas

Brasil conquista duas medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze no Grand Prix de Judô Paralímpico em Baku, Azerbaijão

Escrito por
Thiago Freire
September 29, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

A seleção brasileira de judô paralímpico encerrou sua participação no Grand Prix de Baku, no Azerbaijão, com uma atuação brilhante e a conquista de sete medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e duas de bronze.

As medalhas douradas foram conquistadas na última quarta-feira (27), marcando o último dia de competição. O potiguar Arthur Silva, na categoria até 90 quilos para atletas da classe J1 (cegos totais), e o paraibano Wilians Araújo, na categoria acima de 90 quilos, classe J1, foram os grandes campeões.

Arthur Silva, após sua vitória, expressou sua gratidão: "Mais uma vez, campeão no Grand Prix! Gratidão é a palavra. Tenho só a agradecer à Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais, ao Comitê Paralímpico Brasileiro, ao Ministério do Esporte, Programa Bolsa Atleta, a todos os meus patrocinadores e aos torcedores também. Estamos juntos."

Além das medalhas de ouro, o Brasil também conquistou três medalhas de prata, com Antônio Tenório, Rebeca Silva, e Rosi Andrade, e duas medalhas de bronze, com Harlley Arruda e Elielton Oliveira.

A excelente atuação da seleção brasileira garantiu ao país o terceiro lugar geral na competição. O Uzbequistão ficou em primeiro lugar, com seis medalhas de ouro e três de bronze, enquanto a China conquistou a segunda posição, com três medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze. O desempenho dos atletas brasileiros no Grand Prix de Baku enche de orgulho o esporte paralímpico do país.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas