Matérias
Cultura e Entretenimento

Prefeitura de Manaus trabalha para consolidar ‘turismo religioso’ na capital

Em Manaus, há quatro grandes pontos desse setor no Centro Histórico

Escrito por
Letícia Misna
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

A Prefeitura de Manaus, através da Fundação Municipal de Cultura, Eventos e Turismo (Manauscult), tem trabalhado na criação de um “roteiro religioso”, a fim de preparar a capital amazonense para receber turistas atraídos pelos principais templos situados no Centro Histórico da cidade. 

Na última quarta-feira (31), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Amazonas e a Arquidiocese de Manaus assinaram a ordem de serviço para reforma de igrejas históricas de Manaus, por meio de projetos desenvolvidos pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), órgão municipal que também está envolvido no processo de implementação do turismo religioso.

“Nossa cidade tem potencial para atrair o mundo inteiro com suas peculiaridades, desde a nossa gastronomia, que além de riquíssima, é única; nossos cartões-postais, o nosso povo, que é naturalmente muito acolhedor, e, agora, os nossos templos religiosos que passam por um trabalho altamente técnico para se tornarem potenciais atrativos turísticos”, destacou Reginei Rodrigues, presidente da Manauscult.


TURISMO RELIGIOSO

O turismo religioso movimenta aproximadamente 340 milhões de turistas de todo o mundo. Dessa forma, os templos históricos e suas riquezas arquitetônicas são alguns dos principais geradores desse fluxo.

Em Manaus, há quatro grandes pontos desse setor no Centro Histórico: a Igreja da Matriz, a Igreja dos Remédios, Igreja da Nossa Senhora Aparecida e o Templo de São Sebastião.

Essas igrejas foram visitadas por toda nossa equipe técnica, então fizemos um plano de ação, em que consta o diagnóstico, o que precisa para se tornar um templo de visitação adequado com segurança, a implementação ou não de museus dentro dos templos, lojas de souvenirs, oferta de serviços atrelados às igrejas com guiamento local”, destacou a vice-presidente da Manauscult, Oreni Braga.

Ela informou, ainda, que pelo menos 50 pessoas já foram capacitadas para atuarem no serviço, e que agora estão preparando material promocional para ser divulgado nas sete feiras nacionais de turismo que a Manauscult participará em 2024.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas