Matérias
Economia

Desenrola: 6 milhões de brasileiros saem do cadastro negativo

Iniciativa da Febraban já renegociou R$ 14,3 bilhões em dívidas em 10 semanas e permite parcelamento em até 120 meses

Escrito por
Thiago Freire
September 27, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

Cerca de 6 milhões de brasileiros conseguiram tirar seus nomes dos cadastros negativos de inadimplentes, graças à participação no Programa Desenrola Brasil. O programa, que tem como objetivo a renegociação de dívidas de consumidores de média e baixa renda, já está em vigor há dez semanas e está fazendo a diferença na vida financeira de muitos brasileiros.

De acordo com dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), no período de 17 de julho a 22 de setembro, foram renegociados incríveis R$ 14,3 bilhões em dívidas. Essas negociações foram principalmente da Faixa 2 do programa, que abrange débitos com bancos para quem tem renda de até R$ 20 mil, sem limite de valor de dívidas. Isso permite o refinanciamento de bens como imóveis e veículos.

O montante renegociado equivale a 2,03 milhões de contratos, demonstrando a abrangência e o impacto positivo que o programa está tendo na vida dos cidadãos endividados.

O Programa Desenrola Brasil prevê o parcelamento da dívida de 12 a 120 meses, com taxas personalizadas e a primeira parcela com vencimento para 30 dias após a renegociação. O mais notável é que a exclusão dos cadastros restritivos se dá em até 5 dias úteis após a efetivação da renegociação, permitindo que os devedores recuperem seu crédito rapidamente.

Além disso, o programa iniciou sua segunda etapa com leilões de descontos. Até quarta-feira (27), 709 credores participarão de leilões em um sistema desenvolvido pela B3, a bolsa de valores brasileira. Os credores que oferecerem os maiores descontos serão contemplados com recursos do Fundo de Garantia de Operações (FGO), que possui um orçamento de R$ 8 bilhões da União. Esse fundo cobrirá eventuais calotes de quem aderir às renegociações e voltar a ficar inadimplente, permitindo assim que as empresas concedam abatimentos maiores no processo de renegociação.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas