Matérias
Política

Após denúncias de assédio, vice-primeiro-ministro renuncia no Reino Unido

Há relatos de ataques de raiva com tomates atirados

Escrito por
Thiago Freire
April 20, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

<p>O vice-primeiro-ministro britânico, Dominic Raab, renunciou nesta sexta-feira depois que uma investigação independente determinou que ele cometeu assédio moral contra subordinados. O escândalo complica o plano do premier Rishi Sunak de deixar para trás uma história recente de controvérsias que fizeram a popularidade do seu Partido Conservador despencar e custaram as cabeças de seus dois antecessores mais recentes.</p>

<p>Um dos maiores defensores do Brexit, o divórcio britânico da União Europeia, que terminou em 2021, Raab era também um grande aliado de Sunak, que chegou ao poder em outubro do ano passado com a missão de reinjetar credibilidade nos conservadores após meses de polêmicas derrubarem o premier Boris Johnson e Liz Truss renunciar após apenas 44 dias à frente do país. O vice-primeiro-ministro sempre negou alegações de má conduta, mas o relatório que analisou as acusações de oito funcionários o levou a renunciar:</p>

<p>"Escrevo para renunciar ao seu governo", escreveu Raab, que também era ministro de Justiça, em sua carta de demissão compartilhada no Twitter. "Pedi esta investigação e prometi renunciar se apurasse fatos de assédio, quaisquer que fossem. Acho importante respeitar minha palavra."</p>

<p>As denúncias contra Raab dizem respeito ao seu comportamento na época que foi chanceler, entre 2019 e 2021, ministro do Brexit, em 2018, e uma passagem anterior pela secretaria de Justiça, entre 2021 e 2022. Ele sempre negou as as acusações, que geraram críticas da oposição.</p>

<p>O jornal The Guardian informou em novembro que a nomeação de Raab como ministro da Justiça causou preocupação entre muitos funcionários, com alguns considerando inclusive pedir demissão. De acordo com o veículo, subordinados descreveram uma "cultura do medo" em um departamento dirigido por um "tirano", "grosseiro" e "agressivo".</p>

<p>O tablóide The Sun relatou que Raab jogou tomates em um ataque de raiva durante uma reunião, o que seu porta-voz negou na época.</p>

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas