Matérias
Brasil

Apenas 51% dos brasileiros concorda com casamento entre pessoas do mesmo sexo

Os números do Brasil estão abaixo da média global, que é de 56%

Escrito por
Letícia Misna
June 17, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

<p>De acordo com a pesquisa <em>Global Advisor - LGBT+ Pride 2023, </em>feita pelo instituto Ipsos em mais de 30 países, aproximadamente metade dos brasileiros concorda com a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo: cerca de 51%. O topo do ranking é formado por Holanda (80%), Portugal (80%) e Espanha (78%), já os últimos colocados são Turquia (20%), Romênia (25%) e Singapura (32%).</p>

<p>Entre os entrevistados brasileiros, 15% disseram ainda que casais homoafetivos deveriam obter algum reconhecimento legal, mas não o de casar; 20% não sabe opinar; 14% não concordam em nenhum grau de igualdade. Os números do Brasil estão abaixo da média global, que é de 56%.</p>

<p>Quanto à orientação sexual, a Espanha é onde os entrevistados têm maior probabilidade de dizer que são gays ou lésbicas (6%), enquanto o brasileiros e os holandeses são mais propensos a dizer que são bissexuais (7% ambos). O Japão é o país onde se tem a menor probabilidade das pessoas se identificarem como gay ou lésbica (menos de 1%), ou bissexual (1%). Sobre identidade de gênero, globalmente 1% se descreve como transgênero, 1% como não binário e 1% como gênero fluido.</p>

<p>A visibilidade LGBTQIA+ varia muito entre os países. Ter um parente, amigo ou colega de trabalho que é lésbica/gay ou bissexual é mais relatado na América Latina, Espanha, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. A diversidade de gênero é mais visível em toda a Anglosfera, no Brasil, e especialmente na Tailândia.</p>

<p>Por outro lado, a visibilidade de diferentes segmentos da comunidade é menor no Japão, Coreia do Sul, Turquia, Romênia, Hungria e Polônia.</p>

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas