Matérias
Política

Anielle Franco será futura ministra em governo Lula

A futura ministra integrou a equipe do governo de transição do presidente eleito e atuou no grupo que tratou de políticas para as mulheres.

Escrito por
Redação
December 21, 2022
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

<p>Nesta quinta-feira, (22), a ativista Anielle Franco, 37 anos, foi anunciada como ministra da igualdade racial do governo do presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva. Anielle é irmã da vereadora Marielle Franco, ex-vereadora do Rio de Janeiro assassinada em 2018. </p>

<p>Jornalista, educadora e escritora, escreveu o livro “Cartas para Marielle” retratando uma reunião de textos de parentes sobre a experiência de luto por Marielle Franco, sua irmã e referência, e colaborou na autobiografia de Angela Davis. Ela também é a atual diretora do Instituto Marielle Franco — que promove uma série de atividades culturais e educacionais para crianças como cineclubes, rodas de conversa, oficinas com contação de histórias e lançamentos de livros — e da Escola Marielles.</p>

<p>Anielle nasceu na Maré, conjunto de comunidades na Zona Norte do Rio de Janeiro. É bacharel em Jornalismo e em Inglês pela Universidade Central da Carolina do Norte, bacharel-licenciada em Inglês/Literaturas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), mestra em Jornalismo e em Inglês pela Universidade da Flórida A&M e doutoranda em linguística aplicada na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).</p>

<p>A futura ministra integrou a equipe do governo de transição do presidente eleito e atuou no grupo que tratou de políticas para as mulheres.</p>

<p>"Importante ressaltar que não adentro a equipe de transição sozinha, chego com o legado de Marielle e com a trajetória das mulheres negras. Isso mostra que somos muito maiores que qualquer discurso de ódio, desinformação e violências", disse Anielle sobre a sua nomeação na equipe de transição.</p>

<h2>Ministros</h2>

<p>Na ocasião, Lula também anunciou os mais de 16 ministros do futuro governo. O anúncio aconteceu no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília. </p>

<p>Segue abaixo os futuros ministros:</p>

<p>Alexandre Padilha (Relações Institucionais);</p>

<p>Márcio Macêdo (Secretaria-Geral);</p>

<p>Jorge Messias (Advocacia-Geral da União);</p>

<p>Nísia Trindade (Saúde);</p>

<p>Camilo Santana (Educação);</p>

<p>Esther Dweck (Gestão);</p>

<p>Márcio França (Portos e Aeroportos);</p>

<p>Luciana Santos (Ciência e Tecnologia);</p>

<p>Cida Gonçalves (Mulheres);</p>

<p>Wellington Dias (Desenvolvimento Social);</p>

<p>Margareth Menezes (Cultura) – já havia sido anunciada;</p>

<p>Luiz Marinho (Trabalho);</p>

<p>Silvio Almeida (Direitos Humanos);</p>

<p>Geraldo Alckmin (Indústria e Comércio);</p>

<p>Vinícius Marques de Carvalho (Controladoria-Geral da União).</p>

<p>Fonte: <a href="https://g1.globo.com/politica/noticia/2022/12/22/anielle-franco-e-anunciada-por-lula-como-ministra-da-igualdade-racial-veja-perfil.ghtml">G1</a></p>

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas