Matérias
Meio Ambiente

Ancestrais de humanos e dinossauros coexistiram

Pesquisadores descobrem evidências de mamíferos placentários vivendo na mesma época dos dinossauros.

Escrito por
Thiago Freire
June 29, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

<p>De acordo com um novo estudo publicado na revista científica Current Biology, nesta última terça-feira (27), ancestrais de humanos e dinossauros coexistiram durante um curto período de tempo. Os cientistas não estão falando da linhagem humana como é conhecida hoje, mas de um grupo ancestral incomum que viveu na mesma época dos dinossauros.</p>

<p>Uma equipe de pesquisadores das Universidades de Bristol e de Friburgo, na Alemanha, chegou ao resultado após estudar milhares de fósseis de mamíferos placentários, uma classe que inclui animais como cães, morcegos e até humanos. Os dados sugerem que eles viveram há cerca de 66 milhões de anos, antes do asteroide chegar e causar o evento catastrófico.</p>

<p>Os dados moleculares dos fósseis sugerem que esses animais estavam vivos antes do evento de extinção em massa que ocorreu no período Cretáceo-Paleógeno (K-Pg). A análise confirma a existência de grupos de mamíferos placentários antes do asteroide, sugerindo que eles coexistiram com os dinossauros durante um breve período de tempo.</p>

<p>Apesar de acreditarem na existência de um ancestral dos humanos, os paleontólogos afirmam que o desaparecimento dos dinossauros permitiu a evolução e diversificação da espécie.</p>

<p>"O modelo que usamos estima as idades de origem com base no momento em que as linhagens aparecem pela primeira vez no registro fóssil e no padrão de diversidade de espécies ao longo do tempo para a linhagem. Ele também pode estimar as idades de extinção com base nas últimas aparições quando o grupo está extinto", explicou a coautora e representante da Universidade de Friburgo, Daniele Silvestro.</p>

<p>De acordo com a principal autora do estudo e representante da Universidade de Bristol, Emily Carlisle, foram utilizados milhares de fósseis de mamíferos placentários. Desta forma, os cientistas conseguiram analisar os padrões de origem e extinção dos diferentes animais da época: assim, eles descobriram que um grupo de primatas ancestrais dos humanos evoluiu durante o período dos dinossauros.</p>

<p>Os cientistas afirmam que não sabem como seria a aparência dos nossos ancestrais placentários, contudo, provavelmente eles pareceriam pequenos esquilos. De qualquer forma, é importante destacar que as linhagens modernas de mamíferos placentários só começaram a surgir por conta do evento, pois estes grupos conseguiram se diversificar mais após a extinção em massa dos dinossauros.</p>

<p>"Infelizmente, não sabemos como seriam nossos ancestrais mamíferos placentários naquela época. Muitos dos primeiros fósseis de mamíferos placentários são criaturas bastante pequenas, como o Purgatorius — um dos primeiros ancestrais dos primatas — que era uma pequena criatura escavadora, um pouco como um musaranho. Portanto, é provável que muitos de nossos ancestrais fossem pequenos e se parecessem com esquilos", disse Carlisle.</p>

<p>Com essa descoberta, os cientistas ampliam o conhecimento sobre a história evolutiva dos mamíferos placentários e reforçam a importância dos eventos catastróficos na influência da diversificação das espécies. O estudo lança novas perspectivas sobre a coexistência de diferentes grupos de animais em períodos remotos da história da Terra e nos ajuda a entender melhor as complexidades da evolução da vida no planeta.</p>

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas