Matérias
Amazonas

Amazonas alerta para aumento do número de casos de dengue

Alerta consta em boletim epidemiológico da FVS-RCP.

Escrito por
Redação
January 30, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

<p>Com o aumento do número de casos de dengue notificados, o Amazonas emite um boletim de situação epidemiológica recomendando aos municípios e à população que fortaleçam os cuidados contra a disseminação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.</p>

<p>O Boletim da Situação Epidemiológica da Dengue no Amazonas Ano 02 e Nº2 compreende a análise do cenário da doença detalhado e é produzido pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas - Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). O documento está disponível em: https://bit.ly/3YbEgTw.</p>

<p>De acordo com a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, foi identificado aumento de 106% no número de casos notificados de dengue no Amazonas, na comparação dos períodos sazonais 2021/2022 e 2022/2023: entre os meses de setembro a janeiro.</p>

<p>“Divulgamos semanalmente a análise epidemiológica de como está o cenário da dengue no estado. No período sazonal, é comum ter aumento de casos de dengue. Por isso, enquanto Vigilância em Saúde nos mantemos em alerta e enfatizamos a necessidade de manter os cuidados preventivos contra o mosquito Aedes aegypti”, destaca Tatyana.</p>

<p>Conforme o boletim, as maiores variações de casos foram registradas em Benjamin Constant (77,8%), Atalaia do Norte (28,8%), Santo Antônio do Içá (10,3%) e Ipixuna (9,6%).</p>

<p>Nos municípios com maior número de casos de dengue registrados nos últimos meses há circulação do vírus da dengue tipo 2 (DENV2) com ocorrência iniciada nos municípios da região do Alto Solimões, fronteira com a Colômbia e Peru.</p>

<p>No monitoramento dos vírus circulantes da dengue no Amazonas, principalmente nessa região, o Laboratório de Fronteira (Lafron), integrante da Vigilância Laboratorial do Amazonas na FVS-RCP, realiza o sequenciamento genético de arboviroses (dengue, zika e chikungunya), transmitidas pelo Aedes aegypti.</p>

<p>“É importante destacar que há risco de ocorrência de aumento no número de casos de dengue nos próximos meses, principalmente nos municípios de maior densidade populacional, como Parintins, Coari, Tefé, Manaus e os demais municípios da região metropolitana de Manaus”, ressalta o diretor técnico da FVS-RCP, Daniel Barros.</p>

<p>O boletim tem o objetivo de alertar os gestores municipais a intensificarem as ações de vigilância e controle do Aedes aegypti com a preparação dos planos de contingência municipais e revisão e divulgação de fluxos assistenciais, como leitos de retaguarda, diagnóstico, transporte sanitário e notificação.</p>

<p>O alerta é estendido aos profissionais de saúde quando ao diagnóstico e atendimento em tempo oportuno dos confirmados para a doença e à população quanto à prevenção em ambiente doméstico, como evitar o acúmulo de água e a contaminação de calhas e caixas d’água de forma rotineira.</p>

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas