Matérias
Saúde e Bem Estar

AM registra mais de 200 mil casos de doenças diarreicas

A ingestão de água de baixa qualidade é uma das principais causadoras da doença

Escrito por
Rhyvia Araujo
December 2, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

Até outubro de 2023, período de seca severa, o Estado já registrou cerca de 208.739 casos de doenças diarreicas. Os dados são da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), que relaciona a ingestão de água de baixa qualidade com uma das principais causadoras da doença.

"Nós estamos passando pela situação da estiagem, que obrigou muitos amazonenses, que tiveram uma diminuição ou um desabastecimento de água, à ingestão de água de baixa qualidade ou até mesmo água imprópria para consumo. Então, com isso, nós tivemos um aumento no número de casos de diarreia no Estado do Amazonas", explicou Alexsandro Melo, chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE) da FVS-RCP.

Apesar disso, o registro parcial até outubro de 2023, não superou o total de 2022. No ano passado, foram 232.103 registros de diarreia.

  • 2021: 169.456 casos
  • 2022: 232.103 casos
  • Até outubro de 2023: 208.739 casos

Ainda segundo o órgão, fontes, purificadores e estações de tratamento foram enviadas para regiões que sofrem com o desabastecimento. Além disso, houve distribuição de hipoclorito de sódio para purificar a água.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas