Matérias
Mundo

Alemanha: mais de um milhão vão às ruas contra políticas de extrema direita

Mais de 1,4 milhão de pessoas participaram em mais de 100 cidades alemãs

Escrito por
Thiago Freire
January 22, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

A Alemanha testemunhou um fim de semana de intensos protestos pró-democracia em resposta à agenda anti-imigração e às reuniões secretas entre membros da Alternativa para a Alemanha (AfD) e neonazistas. Mais de 1,4 milhão de pessoas participaram em mais de 100 cidades alemãs, enviando um "sinal contra a AfD e a tendência à direita na sociedade alemã", conforme estimado pelos organizadores.

Em Berlim e Munique, cerca de 100 mil manifestantes se reuniram em cada cidade, enquanto grandes concentrações ocorreram em Colônia, Dresden, Cottbus e outras. Em Munique, o número expressivo de participantes levou ao cancelamento de uma marcha planejada por razões de segurança.

Os protestos visam combater o extremismo de direita e a agenda anti-imigração, especialmente após a revelação de reuniões secretas entre membros da AfD e neonazistas, que discutiam um plano para deportar milhões de estrangeiros.

No sábado, Frankfurt, Hannover e Nurembergue já haviam testemunhado manifestações massivas, totalizando cerca de 250 mil participantes. Os protestos continuam ganhando força, representando um amplo repúdio à ascensão da extrema direita na Alemanha.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas