Matérias
Política

Águas de Manaus e Ageman vão anunciar redução nas contas de água e esgoto

O assunto gerou um certo embate na sessão do colegiado

Escrito por
Rhyvia Araujo
August 29, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

A concessionária Águas de Manaus e a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados de Manaus (Ageman) estarão presente na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta quarta-feira, 30, às 9h30, para anunciar a redução de água e esgoto, além de debater as cláusulas firmadas no Termo de Ajuste de Gestão (TAG), resultado da ‘Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Águas de Manaus’. O anúncio foi confirmado pelo presidente da CPI, vereador Diego Afonso (União Brasil), na manhã desta terça-feira, 29, após o assunto gerar um certo embate na sessão do colegiado.

O vereador Elissandro Bessa (Solidariedade) iniciou o seu discurso afirmando que, mesmo com o Termo de Ajuste de Gestão (TAG) implementado, “as falhas (da concessionária) continuam as mesmas”. Segundo ele, tanto a Águas de Manaus, quanto a Agência Reguladora, “não tem que esperar a TAG para fazer o que tem que ser feito”.

– A CPI atendeu alguns quesitos que foram colocados? Atendeu, mas tem muitas coisas, parece que a empresa sentou em cima e simplesmente está usando a TAG de muleta. Eu não quero conversar com diretor, advogado, o que eles têm que fazer pra cidade de Manaus, é um bom serviço. Eu gosto é de confusão, principalmente quando a população de Manaus, que paga um serviço ruim e caro. Muitas decisões que a CPI tomou, eu não tinha voto, por isso tive que acatar, mas não vou me calar. Eles continuam fazendo absurdos na cidade – destacou o vereador.

No entanto, de acordo com o vereador Rodrigo Guedes, a concessionária e a Ageman possuíam um prazo de 60 dias para efetivar o que foi acordado no Termo de Ajuste de Gestão (TAG). Vale ressaltar que a CPI teve o seu encerramento no dia 27 de maio, e no dia 25 de junho foi publicada a resolução que aprovou as diretrizes da CPI.

– No dia 25 de junho a empresa Águas de Manaus, juntamente com a Ageman, tinham um prazo de 60 dias para efetivar tudo que foi decidido de tudo que foi objeto do Termo de Ajustamento de Gestão. Esse prazo encerrou-se no dia 25 de agosto e de fato já está sendo cumprido a redução de 25% da tarifa de esgoto – disse Guedes.

Diego Afonso chegou a afirmar que a CPI deu “uma resposta célere e eficiente à população”, e rebateu o vereador Elissandro Bessa ao afirmar que ele também “discutiu e debateu vários pontos da CPI”.

– Vossa excelência traz agora esse tema, em um momento que o TAG foi publicado, e em um momento em que tanto a Ageman, quanto a Concessionária, amanhã às 9:30 estarão nesta Casa Legislativa para debater e principalmente anunciar a redução nas contas da  população e cláusula por cláusula do que esta celebrou há 60 dias atrás.  Existe uma questão, um rito burocrático que se deu logo após a aprovação do projeto de resolução como vossa excelência sabe – palpitou Afonso.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas