Matérias
Mundo

África do Sul convida 67 países para a Cúpula do Brics, França fica de fora

Bloco reúne líderes da China, Índia, Brasil, África do Sul e Rússia

Escrito por
Thiago Freire
August 8, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

A África do Sul divulgou nesta segunda-feira (07/08) um comunicado convidando 67 países para a Cúpula do Brics, que será realizada de 22 a 24 de agosto em Johanesburgo. O bloco reúne os líderes da China, Índia, Brasil, África do Sul e Rússia.

O comunicado não menciona a presença do presidente francês Emmanuel Macron, que havia solicitado um convite em junho. O governo francês não recebeu nenhuma resposta da África do Sul, nem de aceitação nem de rechaço ao pedido de Macron.

O comunicado da chancelaria sul-africana afirma que "vemos este interesse como um reconhecimento da voz do Brics como defensor dos interesses do Sul Global, particularmente da nossa agenda de reforma e inclusão. Como uma parceria, o Brics também opera com base nos princípios de abertura, solidariedade, respeito mútuo e compreensão, bem como uma cooperação mutuamente benéfica que produz benefícios tangíveis".

O evento contará com a presença dos líderes da China [Xi Jinping], Índia [Narendra Modi], Brasil [Luiz Inácio Lula da Silva], e o anfitrião da África do Sul [Ramaphosa], sendo a Rússia representada pelo ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov. O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou que participará das principais reuniões da cúpula através de videoconferência.

A Declaração de Johanesburgo, que será adotada como resultado da reunião, "refletirá as opiniões dos países do BRICS sobre problemas regionais, globais, financeiros e econômicos".

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas