Matérias
Brasil

Advogado do caso Marília Mendonça morre em queda de avião

Aeronave do advogado também caiu ao chocar-se com cabos elétricos, assim como o avião de Marília

Escrito por
Letícia Misna
January 8, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também


No último sábado (6), o piloto Sérgio Roberto Alonso, de 74 anos, morreu após o planador que ele pilotava chocar-se contra cabos de energia e cair no interior de São Paulo.

Sérgio também era advogado, especialista em direito aeronáutico, e em 2021 atuou no caso do acidente aéreo que vitimou Marília Mendonça, após o avião da cantora também chocar-se contra cabos elétricos. Na ocasião, Sérgio foi representante da família de Geraldo Martins de Medeiros Júnior, piloto de Marília.

"O acidente ocorreu pela falta de sinalização da rede, ausência de carta de aproximação visual e também por essa rede estar implantada na altitude do tráfego padrão, de 1 mil pés", afirmou Alonso na época, defendendo que a conclusão policial, que atribuiu a culpa a falha humana, não tem base em provas físicas.

A morte do advogado, até então registrada como acidental, ainda será investigada pela Polícia Civil e aguarda perícia do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas