Matérias
Mundo

Ação norte-coreana aumenta preocupações e gera alerta de segurança na região

Coreia do Norte notifica lançamento de satélite ao Japão.

Escrito por
Thiago Freire
May 28, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

<p>A Coreia do Norte enviou uma notificação ao Japão nesta segunda-feira, 29, informando sobre seus planos de lançar um satélite nos próximos dias. No entanto, essa notícia tem gerado preocupação e reações imediatas. O ministro de Defesa japonês, Yasukazu Hamada, ordenou que o satélite ou quaisquer destroços sejam destruídos caso entrem em território japonês.</p>

<p>De acordo com informações fornecidas pela guarda costeira do Japão, o aviso recebido das autoridades marítimas norte-coreanas revela que a janela de lançamento está prevista para ocorrer entre os dias 31 de maio e 11 de junho. Além disso, foi destacado que o lançamento pode afetar as águas do mar Amarelo, do mar da China Oriental e a região a leste da Ilha Luzon, nas Filipinas. A guarda costeira japonesa emitiu um alerta de segurança para navios nessas áreas durante essas datas, considerando o possível risco de queda de destroços.</p>

<p>É importante salientar que, para lançar um satélite ao espaço, a Coreia do Norte precisaria utilizar mísseis de longo alcance, o que é proibido por resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). Lançamentos anteriores realizados por Pyongyang foram vistos pela comunidade internacional como testes de mísseis disfarçados, gerando preocupações sobre a capacidade militar do país.</p>

<p>Diante desses acontecimentos, o secretário-chefe do gabinete japonês, Hirokazu Matsuno, expressou sua preocupação e afirmou que o lançamento planejado pelos norte-coreanos violaria as resoluções da ONU, representando uma séria ameaça à paz e segurança do Japão, da região e da comunidade internacional.</p>

<p>Esses recentes acontecimentos aumentam as tensões na região, reforçando a necessidade de uma análise cautelosa e uma postura diplomática por parte dos países envolvidos. A comunidade internacional acompanhará de perto o desdobramento dessa situação delicada e suas possíveis implicações para a segurança global.</p>

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas