Matérias
Esporte

A vergonhosa indefinição do Atlético Rio Negro Clube

"O cenário é vergonhoso mas, parece que vai andar para passos claros e promissores (eu espero né?)"

Escrito por
Larissa Balieiro
November 24, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Leia Também

Semana passada eu falei de um clube tradicional, e agora eu trago notícias de outro clube centenário que vive um caos: o Rio Negro. Acontece que aqui, ao menos o cenário é vergonhoso mas, parece que vai andar para passos claros e promissores (eu espero né?).

Em outubro, a Justiça do Amazonas determinou o afastamento imediato da diretoria do galo por conta de supostas irregularidades, ou como diz o documento: má administração. O que beira a falta de comprometimento com uma instituição tão grande como o Rio Negro.

Essa semana, o presidente em questão renunciou ao cargo sob alegação de cunho pessoal. Isso, faltando pouco menos de 60 dias para o início do Campeonato Amazonense de Futebol. Sabe a mensagem que tem disso tudo? Que os clubes tradicionais estão sendo desrespeitados por quem deveria honrá-los.

Tanto São Raimundo quanto Rio Negro brigam contra o tempo para conseguirem se arrumar. No caso, o Galo né? Que esboça o mínimo de reação graças a seus próprios torcedores-sócios que, vendo a situação caótica do clube, agiram e buscaram, na justiça, que o clube fosse respeitado por inteiro.

O que eu vejo nesse cenário todo é o quanto tudo evoluiu no futebol, menos as gestões. Ainda nas mãos de pessoas sem zelo mínimo por uma história a longo prazo desses clubes. Pessoas que não abrem a mente, não alcançam a evolução dos fatos. O Rio Negro tem um nome grande, é o segundo clube mais campeão da história do campeonato amazonense. Um clube que, quando você vai em qualquer lugar do Brasil as pessoas reconhecem, perguntam. Quem aí não tem uma história no Rio-Nal ou que reconhece esse clássico.

As pessoas que pegam - indevidamente, clubes tradicionais, não honram esses nomes. Não colaboram em perpetuar suas histórias. Afastam até mesmo o respeito do torcedor. Hoje, nas arquibancadas, o torcedor do Rio Negro é aquele que está presente nos jogos mas pouco consegue contar de uma continuidade a nova geração. 

Lembro que teve um jogo este ano, e encontrei o Padrinho de crisma do meu pai. Ele estava com o filho mais novo. Torcedor do Rio Negro, com camisa e tudo, disse que tinha ido ao estádio mostrar ao filho enquanto o time estava jogando uma divisão. Ou seja, as pessoas que não conseguem administrar corretamente um clube como o Rio Negro, apagam essa sequência de sonhos e anseios que um time centenário tem que mostrar.

Eu espero que em novas mãos, de preferência do torcedor apaixonado, o Rio Negro fortaleça seu nome. A história, essa deverá ser recontada e isso a longo prazo, para que logo o time seja temido. Ainda é respeitado, para muitos. E eu espero que consigam voltar. Pois a história do futebol amazonense também é a história do Rio Negro. 

O Rio Negro foi campeão da série B de 2022 com uma gestão. | Foto: João Normando/ Agência LB

Na atual situação, com a renúncia do presidente em questão do Rio Negro, a Justiça pede que um interventor assuma ou convoque novas eleições. 

Vamos esperar!! 

É o que nos resta…

Um beijo especial a todo torcedor do Rio Negro, que merecia uma história melhor para seu time do coração.

Torcida do Rio Negro. | Foto: João Normando/ Agência LB
No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas